PORTFÓLIO A GAMIFICAÇÃO EM PROPOSTAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Código: YG9A2BBGJ-propostas-educacaoinfantil
R$ 30,00
até 3x de R$ 10,00 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 30,00 sem juros
    • 2x de R$ 15,00 sem juros
    • 3x de R$ 10,00 sem juros
    • 4x de R$ 8,07
    • 5x de R$ 6,55
    • 6x de R$ 5,54
  • R$ 30,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

DESCRIÇÃO


PORTFÓLIO A GAMIFICAÇÃO EM PROPOSTAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Curso: Pedagogia

Semestre 3°e 4°

POSSUI UM TOTAL DE 12 PÁGINAS


DOWLOAND IMEDIATO

(ASSIM QUE O PAGAMENTO FOR APROVADO SIGA O PASSO A PASSO A SEGUIR)

PASSO 1 . ACESSE SUA CONTA COM EMAIL E SENHA CADASTRADOS.

PASSO 2. ENTRE NA ABA MEUS PEDIDOS

PASSO 3. SELECIONE O NUMERO DO PEDIDO.

PASSO 4. ACESSE DOWLOANDS PARA BAIXAR O ARQUIVO DOC.


A proposta de Produção Textual Interdisciplinar Individual (PTI) terá como temática A gamificação em propostas de Educação Infantil. Escolhemos essa temática para possibilitar a reflexão sobre essa metodologia, uma vez que suas principais ideias podem ser consideradas em práticas voltadas à Educação infantil, essencialmente na vinculação aos campos de experiências apresentados pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Aprovada em 2018, a BNCC vem alterar não somente os currículos da Educação Básica, mas a perspectiva da atuação docente, que especificamente na Educação Infantil deve considerar como eixos estruturantes “[...] as interações e a brincadeira, experiências nas quais as crianças podem construir e apropriar-se de conhecimentos por meio de suas ações e interações” (BRASIL, 2018, p. 33), interações essas que ocorrem com os pares e com os adultos, possibilitando aprendizagens, desenvolvimento e socialização, evidenciando o cotidiano da infância, transferindo aprendizagens e potenciais para o desenvolvimento integral das crianças. (BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: A Educação é a Base. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2018)
A partir desses eixos, a BNCC está estruturada em cinco campos de experiências: o eu, o outro e o nós; corpo, gestos e movimentos; traços, sons, cores e formas; escuta, fala, pensamento e
imaginação; espaços, tempos, quantidades, relações e transformações, os quais são permeados por ludicidade, inovação e ampliação das possibilidades de aprendizagem. Com as alterações promovidas pela BNCC, os contextos de aprendizagem têm sido organizados de maneira diferente daquela usualmente tradicional, o que nos faz pensar em mudanças que vão ao encontro das metodologias ativas por meio de experiências inovadoras,
significativas, que condizem com as expectativas atuais dos alunos. Essas propostas também asseguram a ludicidade, com o desenvolvimento de características como a cooperação, espontaneidade, autonomia, capacidade de abstração e atenção por serem intrigantes e estimulantes.
Entre as estratégias que podem ser utilizadas no trabalho pedagógico está a gamificação que se refere ao processo de inserir princípios e elementos dos jogos no processo educativo. Não é necessário obrigatoriamente utilizar e manipular um game (jogo), mas é preciso criar situações de aprendizagem mediadas pelo desafio, prazer e entretenimento. Essas situações podem ser desenvolvidas em “cenários escolares e não escolares que potencializam o desenvolvimento de habilidades cognitivas (planejamento, memória, atenção, entre outras), habilidades sociais (comunicação, assertividade, resolução de conflitos interpessoais, entre outras) e habilidades
motoras”. (FADEL, L. M.; ULBRICHT, V. R.; BATISTA, C. R.; VANZIN, T. (Orgs.). Gamificação na Educação. São Paulo: Pimenta Cultural, 2014).

CONTEXTUALIZAÇÃO
Situação geradora de aprendizagem

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento de caráter normativo que define o conjunto de conhecimentos, competências e habilidades que devem ser aprendidas e desenvolvidas ao longo da Educação Básica. Na Educação Infantil, o documento direciona o trabalho pedagógico a partir de campos de experiências tomando as interações e a brincadeira como eixos estruturantes.
Os estudos da BNCC são fundamentais para apropriar-se dos conhecimentos e determinações presentes no documento, adequar os Projetos Político Pedagógicos e desenvolver o trabalho em sala de aula considerando os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento para a Educação Infantil. Considerando a necessidade de aperfeiçoar as práticas pedagógicas e a formação continuada dos professores, a coordenadora da escola Maria Montessori organizou um grupo de estudos sobre a BNCC. Durante os estudos as professoras terão a oportunidade de conhecer os campos de experiências e aprofundar os conhecimentos sobre a importância da ludicidade para o desenvolvimento infantil.

Situação-problema

Durante um dos encontros, a coordenadora levou um material para leitura que falava sobre gamificação. Muitas professoras desconheciam o conceito e o que ele propõe em relação aos encaminhamentos pedagógicos. A partir dos estudos realizados as professoras consideraram que o termo está relacionado a utilização de mecanismos de jogo em contexto fora de jogo, como o processo educativo, estabelecendo assim, paralelos com a perspectiva lúdica, a forma criativa de abordar os conteúdos e a aprendizagem ativa. As professoras ressaltaram ainda que o jogo, o brinquedo e a brincadeira beneficiam as aprendizagens, e foram desafiadas pela coordenadora com a problematização: Como elaborar um plano de aula voltado para a Educação Infantil considerando a gamificação? A coordenação indicou ainda a utilização de jogos on-line de uma brinquedoteca virtual disponibilizados por uma universidade para enriquecer o trabalho realizado.

 

continua ...


 

R$ 30,00
até 3x de R$ 10,00 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • Mercado Pago
Selos

Portfólioo EAD - CPF: 867.655.499-43 © Todos os direitos reservados. 2020


Para continuar, informe seu e-mail